Segundo uma pesquisa de 2016 da Sophia Minds, empresa de pesquisa e inteligência de mercado do Grupo Bolsa de Mulher, 56% das mulheres estão insatisfeitas com sua aparência. Entre os motivos citados mais da metade (61%) se consideram acima do peso e em segundo lugar da insatisfação é o cabelo (37%). Se fosse possível, 95% das mulheres mudariam algo no corpo.

O resultado dessa pesquisa diz muito sobre a pressão que nós mulheres recebemos para ter o corpo perfeito e em busca desse padrão, que é praticamente inatingível, pois nunca vamos alcançar o suficiente, acabamos prejudicando a nossa saúde mental, minando a nossa autoestima e em casos mais graves desenvolvemos distúrbios alimentares como anorexia e bulimia.

A realidade é que nos é cobrado um padrão estético inatingível e ele é inatingível propositalmente, pois a insatisfação está, quase sempre, ligada ao consumo. Pessoas insatisfeitas consomem para atingir a satisfação, no caso do corpo produtos, fórmulas e procedimentos estéticos são apresentados como a solução para a nossa insatisfação.

E como mudar isso?

1. Entenda que a sua felicidade não está na sua aparência:

O seu corpo que proporciona momentos de felicidade, é com ele que você dança, ouve uma música que gosta, ri, tem momentos agradáveis com seus amigos, é ele que te leva pra viajar. O seu corpo é uma parte de você e não deve ser um fator decisivo para sua vida.

2. Se liberte do padrão:

Entenda que existem milhares de corpos e todos são diferentes um do outro, não existe certo e errado.

3. Se conheça:

O autoconhecimento é seu melhor aliado, saiba quais são suas vontades, seus desejos. Descubra o que te faz bem.


0 comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.